Como entrar no Minha Casa Minha Vida do Governo

Quem sonha ter a sua casa própria mais não tem grandes condições para realizar um financiamento imobiliário pode tentar o programa Minha Casa Minha Vida e quem sabe não conquistar o terreno e o lote próprio.

O programa veio para tirar o brasileiro do aluguel e facilitar a vida de muitos que não tem condições de pagar casas a vista ou altas parcelas. No entanto, somente pode se inscrever quem estiver dentro das exigências do programa do governo federal. A primeira coisa a ser vista é se a família recebe menos de 10 salários mínimos por mês, quem receber acima desse valor não poderá se inscrever para o programa da Caixa. Uma segunda exigência é conferir se não existem outros financiamentos de casas em nome do interessado a entrar no programa, o cidadão não pode usufruir do FGTS para comprar toda ou parte da casa, além de não ter no nome com pendências nos órgãos de proteção ao crédito, SPC e Serasa.

:: ::

Como realizar a inscrição para o programa?

Existem duas formas básicas de se inscrever para o Minha Casa Minha vida, mas varia bastante de estado para estado. Desse modo, é recomendável acessar o site da Caixa, através do link: www.caixa.gov.br/habitacao/mcmv e conhecer melhor o programa e os estabelecimentos que oferecem a inscrição em seu estado e cidade.

Geralmente as inscrições para o programa devem ser feitas diretamente em uma das unidades da Caixa Economica de sua cidade, mas em municípios menores os interessados podem se inscrever em lotéricas ou agentes da Caixa Credenciados. No ato da inscrição é necessário que o interessado leve consigo:

  • RG;
  • CPF;
  • Holerite;
  • Declaração de Imposto de Renda;
  • Carteira de Trabalho;
  • Extrato do FGTS;
  • Certidão de estado civil;
  • Ficha de cadastro habitacional;
  • Comprovante de residência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *